Medição coletiva de gás natural no setor residencial pode proporcionar mais de 50% de economia

Por Isabela Souza,

Trezentos consumidores alagoanos já contam com redução de custos oferecida pela migração para sistema de medição coletiva em condomínios

Nos lares alagoanos, o uso do gás natural vem crescendo de forma rápida e constante. De acordo com informações da Algás, distribuidora do gás canalizado no estado, isso se deve ao nível de aceitação do produto no mercado e seus inúmeros benefícios. Entre eles, está a medição coletiva de consumo que, em 2018, já se tornou realidade para 300 clientes em condomínios residenciais de Maceió.

Segundo informações da Distribuidora, clientes com medição coletiva são domicílios agrupados em um condomínio onde há fornecimento de gás natural e somente uma fatura é emitida. “A maior vantagem desse tipo de medição, se comparada ao faturamento individual, está na redução do valor da conta para os consumidores, que podem ter mais de 50% de economia na fatura do gás natural no fim do mês,” declara o gerente de serviços ao cliente da Algás, Eduardo Lucena.

Na prática, diferentemente dos usuários com medição individual, é realizado um faturamento para esses condomínios e os custos são rateados pela administração interna do residencial. “Desse modo, o cliente não precisará pagar taxa mínima de uso e pagará efetivamente pelo consumo realizado em determinado mês”, explica o gerente.

Para os representantes de residenciais em Maceió que já contam medição coletiva no estabelecimento, o benefício é para todos os moradores. “Por decisão unânime no residencial, vimos a redução de custos com a medição coletiva do gás natural como o fator principal para essa escolha”, declara Niwmilson Nascimento, síndico do condomínio residencial Villa Bella, que afirma confiar no serviço prestado pela Algás.

Atendimento

Para os clientes que desejam obter mais informações sobre a migração da medição individual para a medição coletiva em seus condomínios residenciais, basta entrar em contato com o Serviço de Atendimento ao Cliente da Algás pelo número 117 ou pelo site (www.algas.com.br).

 

Por Isabela Souza

Foto: Márcio Andrei