Manutenção periódica garante segurança e eficiência do GNV

Por Isabela Souza,

Especialistas destacam que atenção com instalação e manutenção são essenciais para bom aproveitamento e segurança do combustível

Num cenário de preços de combustíveis inflacionados, consumidores de todo o Brasil sentem no bolso a elevação dos custos com gasolina e etanol. Em Maceió, é nesse contexto que o gás natural veicular (GNV) desponta como a alternativa mais rentável, conferindo uma economia de até 52% em relação à gasolina e de 54% ao etanol, segundo a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP). Mas, para uma parte dos consumidores na capital alagoana, os benefícios vão muito além dessa porcentagem.

O taxista Gustavo Soares começou a usar o GNV em seu veículo em 2015 e, desde o princípio, percebeu que as questões de segurança e economia eram os benefícios que mais prevaleciam na sua escolha de migrar para o combustível.

“Para quem roda muitos quilômetros por dia, como é o caso da nossa categoria, o GNV é muito vantajoso”, revela Gustavo, que enfatizou também a importância da segurança com seu automóvel. “Com o tempo, aprendi, principalmente, que a manutenção periódica e as regras de segurança durante o abastecimento mantêm meu cotidiano livre de perigos”, nota o taxista.

O gerente comercial da Algás, distribuidora de gás natural de Alagoas, Fabio Sousa, explica que o caso de Gustavo é o exemplo a ser seguido por todos os consumidores. “A manutenção periódica, além de oferecer segurança, é essencial também para o melhor aproveitamento do combustível”, completa.

Além disso, o GNV é um combustível mais limpo do que os combustíveis líquidos e é impossível de ser adulterado. Com essas características, os impactos ambientais resultantes de emissões de poluentes são reduzidos, pois sua queima é completa e não deixa resíduos no motor, garantindo o bom funcionamento do seu veículo e mais consciência no uso dos recursos do planeta.

Sousa também destaca onde o serviço de adaptação de veículos pode ser feito. “É importante que o consumidor procure a adaptação para o GNV em oficinas credenciadas pelo Inmetro, onde todas as normas estabelecidas são seguidas a rigor”, conta o gerente. Quanto aos kits veiculares, Fabio Sousa explica ainda que os modelos de 5ª geração contam com uma tecnologia bastante avançada e eficiente: “quando o consumidor opta pela adaptação, seu veículo passa a ser bi ou tri combustível, o que aumenta muito a sua autonomia”.

 

Por Isabela Souza

Foto: Juan Barbosa