Geração de energia a gás natural é solução energética para apagões

Por Debora Vieira,

 

Aplicação é utilizada para garantir maior independência e estabilidade no suprimento de energia elétrica

 

A instalação de geradores a gás natural vem sendo cada vez mais adotada por estabelecimentos comerciais e indústrias para suprir a falta de energia elétrica, no caso de apagões ou de eventuais falhas no seu sistema de distribuição.

O Hospital do Coração (HCor), localizado no bairro Gruta de Lourdes, é um dos clientes da distribuidora alagoana de gás natural, a Algás, que aderiu à inovação. O estabelecimento, referência no estado no cuidado com o coração, conta com um potente gerador de 400 kVA que funciona a gás natural.

De acordo com o gerente de operações do HCor, o engenheiro José Célio dos Santos, o gerador movido a gás natural foi adquirido pensando na sua função de backup. “Quando falta energia, tanto o centro cirúrgico, quanto os apartamentos, a emergência e todas as outras dependências do prédio são abastecidas com a energia proveniente do gerador”, pontua o especialista.

O gerador a gás natural, além de oferecer maior independência e estabilidade no suprimento de energia elétrica, é capaz de gerar economia quando utilizado no horário de ponta, que em Alagoas vai das 17h30 às 20h30.

A unidade Sesc Poço é um exemplo disto. Segundo dados da Algás, o gerador oferece economia de mais de 50% quando comparado com o diesel incluindo os custos com manutenção.

Ainda segundo informações da distribuidora, esse levantamento é baseado na potência do equipamento e no valor do m³ do gás natural orçado em R$ 1,54, enquanto o custo do diesel chega a R$ 3,00.

Outra vantagem é a segurança para o estabelecimento, seus funcionários e clientes, afinal não existe necessidade de estocar galões ou tanques de óleos. O uso do energético contribui ainda para a proteção do meio ambiente, por ser o mais limpo dos combustíveis fósseis.

“Além da segurança e redução de custo operacional, quem usa o gás natural para geração de energia é parceiro do meio ambiente, pois contribui para a redução da emissão de gases poluentes na atmosfera, uma vez que a emissão de dióxido de enxofre e resíduos durante seu processo de combustão são menores”, finaliza o gerente comercial da Companhia, Fabio Sousa.

 

Por Débora Vieira