Gás natural é opção para economizar com novo sistema tarifário de energia elétrica

Por Isabela Souza,

Com a chegada da Tarifa Branca, energia elétrica fica mais cara e gás natural se mostra como solução para economizar em residências

A Tarifa Branca, criada pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), é uma opção tarifária com variação do valor da energia, conforme o dia e o horário de consumo. Oferecido às unidades consumidoras atendidas em baixa tensão, como unidades residenciais, o novo sistema sugere que os consumidores adotem hábitos que priorizem o uso da energia de eletrodomésticos fora do período de ponta, das 17h30 às 20h30, quando o preço da energia elétrica chega a ser 3 vezes mais caro.

Porém, na contramão de toda essa dor de cabeça de tarifas mais caras e horários diferentes, o gás natural pode ser a solução para que os consumidores residenciais não tenham transtornos na hora da conta.

Segundo a Algás, distribuidora de gás canalizado em Alagoas, dispor das vantagens do gás natural já faz parte da realidade de mais de 47 mil residências no estado. Devido a Tarifa Branca, um aspecto que vem chamando atenção para esse segmento é a economia que o uso do combustível oferece para o aquecimento de água, de acordo com o engenheiro da Companhia, Jayme Marden. Para ele, o novo sistema tarifário oferece uma oportunidade ao cliente de ter uma energia mais barata com o gás natural fora do horário de pico.

“A energia elétrica é três vezes mais cara no horário de ponta para o segmento residencial, entre as 17h30 e as 20h30. Nesse período, para uma família de cerca de quatro pessoas, utilizar o gás natural para o aquecimento de água em chuveiros é mais econômico e prático do que depender de chuveiros elétricos, já que eles são responsáveis por 40% do consumo de energia numa residência”, explica o engenheiro.

Para quem mora em residenciais que dispõem do aquecimento de água por meio do combustível, mudar a rotina de uso de eletrodomésticos no horário de ponta, como a Tarifa Branca sugere, sequer entra nos planos.

“O diferencial do gás natural acaba sendo não só a economia como também a praticidade. Poder contar a qualquer momento com a água aquecida no chuveiro é mais vantagem do que depender da nova tarifa na energia elétrica”, relata André Silva, morador do Edifício Promenade, na Ponta Verde.

Em Maceió, quase 10 mil unidades habitacionais contratadas contam com o aquecimento de água a gás natural. Ainda de acordo com a Algás, além dos benefícios, o consumidor pode contar com assistência especializada quando utiliza o combustível, tanto para instalação quanto resolução de demandas técnicas.

 

Por Isabela Souza