Gás natural é a energia da culinária alagoana premiada nacionalmente

Por Isabela Souza,

Combustível é a escolha dos três restaurantes alagoanos vencedores do prêmio “Melhores do Ano” da revista Prazeres da Mesa.

Não é novidade que a culinária alagoana é tida como uma das melhores e mais famosas do Brasil. Do litoral até o interior do estado, as receitas são feitas com ingredientes variados e os mais nobres frutos do mar. Temperada pela eficiência e energia do gás natural desde 2001, a gastronomia de Alagoas, nesta semana, foi destaque nacional no prêmio “Melhores do Ano”, da revista Prazeres da Mesa, trazendo para casa quatro títulos renomados.

Os restaurantes Akuaba e Divina Gula e o chef alagoano Wanderson Medeiros, da W Gourmet e do restaurante Picuí, foram os eleitos, por meio de votação popular, nas categorias de melhor “Restaurante de Comidas Brasileiras”, “Restaurante do Ano na Região Nordeste” e “Banqueteiro” do ano, respectivamente.

Além do prêmio “Melhores do Ano”, a revista Prazeres da Mesa também entregou o certificado “Prêmio Melhores do Vinho 2015” a dois restaurantes alagoanos na categoria Grande Prêmio de Excelência: o Maria Antonieta, vencedor pela sexta vez consecutiva, e o Divina Gula. O resultado da votação foi divulgado no site oficial da publicação.

Segundo a distribuidora alagoana de gás natural, a Algás, um dos aspectos em comum entre os quatro vencedores do estado no Prêmio “Melhores do Ano” é o uso do gás canalizado como solução energética para o seu funcionamento. No total, Alagoas conta com 541 estabelecimentos comerciais que possuem o fornecimento do combustível para o sistema de cocção em diversos tipos de fornos e fogões.

“O gás natural é o energético utilizado por vários restaurantes de Maceió e, assim, percebemos que estamos diretamente conectados à gastronomia local”, declara o diretor presidente da Distribuidora, Arnóbio Cavalcanti. Parceira e incentivadora dos valores da gastronomia alagoana, a Algás reafirma o apoio ao setor com a persistente busca pelo aprimoramento técnico e comercial dos seus serviços e das vantagens do gás natural sobre outras fontes de energia disponíveis no mercado.

Para a Distribuidora, as multifuncionalidades desse combustível vão levar a nossa gastronomia cada vez mais longe. “A eficiência energética do gás canalizado proporciona um diferencial à culinária alagoana, considerada uma grande referência em todo o Brasil. Os vencedores de Alagoas no prêmio contam também com a versatilidade de um energético que pode ser usado tanto em fornos e fogões comerciais, como também para o aquecimento da água de pias e máquinas de lavar louças”, afirma Cavalcanti.

 

Por Isabela Souza