Cena gastronômica alagoana se fortalece com uso do gás natural

Por Isabela Souza,

75% dos participantes do 13º Festival Brasil Sabor optam por eficiência energética e desenvolvimento sustentável

 

A opção por fontes de energia contínua, eficiente e versátil continua sendo regularmente procurada por estabelecimentos comerciais em Maceió. Nesse sentido, a cena gastronômica, entre restaurantes, bares e lanchonetes de Alagoas, são alguns dos estabelecimentos que podem usufruir da eficiência de combustíveis como o gás natural.

Segundo a Algás, distribuidora do gás canalizado em Alagoas, 541 estabelecimentos têm o fornecimento de gás natural para o sistema de cocção em fornos e fogões. “Com esse número, percebemos que estamos diretamente ligados à gastronomia alagoana já que o gás natural é o energético utilizado por vários restaurantes de Maceió”, declara o diretor presidente da Companhia, Arnóbio Cavalcanti.

Com esse grande potencial para o desenvolvimento econômico do estado, apoiar eventos como o 13º Festival Brasil Sabor, organizado pela Associação Brasileira de Bares e Restaurantes de Alagoas (Abrasel), é uma maneira de incentivar e dar visibilidade à culinária local. “Dar suporte ao Festival, por exemplo, é uma forma de contribuir com a divulgação e a valorização da gastronomia local, reforçando o compromisso da Algás com o desenvolvimento sustentável de Alagoas”, afirma Cavalcanti.

No Festival, que tem início nesta quinta-feira (17), além da preferência por ingredientes regionais para compor os pratos, o uso gás natural também é adotado por 30 dos 40 restaurantes participantes do evento. Ainda de acordo com a Distribuidora, o gás natural pode ser usado em bares, restaurantes, lanchonetes ou qualquer outro empreendimento. Os proprietários contam com a eficiência e a versatilidade de um energético que pode ser usado tanto em fornos e fogões comerciais, como também para o aquecimento da água de pias e máquinas de lavar louças.

Essa é a realidade há anos do restaurante Divina Gula, localizado no bairro da Jatiúca, participante do Festival Brasil Sabor com o prato “Picadinho de Filé Mignon” e um dos primeiros estabelecimentos comerciais a fazer uso do gás natural em Maceió. “Utilizamos o gás canalizado nas cozinhas e no aquecimento de água. A vantagem da comodidade, segurança, eficiência e economia já nos acompanha desde o primeiro dia de uso”, declara o chef de cozinha e proprietário do restaurante, André Generoso.

Realizado pela Abrasel, o 13º Festival Brasil Sabor tem como tema “Original do Brasil” e conta com uma arena gastronômica para degustação montada no Maceió Shopping, no bairro de Mangabeiras, entre os dias 17 e 20 de maio. Nos restaurantes, o festival vai até o dia 3 de junho e a lista de estabelecimentos e receitas participantes pode ser conferida no site www.brasilsabor.com.br.

 

Por Isabela Souza