Avanço das obras do Gasoduto Penedo-Arapiraca é celebrado na capital do agreste

Por Isabela Souza,

Vice-governador e representantes da Algás visitaram construção da tubulação que contribuirá para o desenvolvimento econômico no interior alagoano

Na manhã desta terça-feira (12), em visita às construções do gasoduto Penedo-Arapiraca na cidade de Arapiraca, o vice-governador de Alagoas, Luciano Barbosa, e a diretoria da distribuidora de gás natural do estado, a Algás, se reuniram para celebrar o avanço das obras da tubulação na região.

Considerada a maior obra da história da Algás, o gasoduto tem previsão de término para o primeiro trimestre de 2018. Com seus 66 km de extensão, a tubulação distribuirá o gás natural a partir da estação da Companhia em Penedo até uma futura estação na cidade de Arapiraca, fornecendo o combustível também para outros municípios como Igreja Nova e São Sebastião.

Para o diretor presidente da Algás, Arnóbio Cavalcanti, “com o gás natural, a Companhia acompanhará o desenvolvimento de Arapiraca, preparando-se, inicialmente, para indústrias em pontos estratégicos da região, a fim de atrair maiores investimentos nesse segmento. E o setor veicular, já beneficiado há mais de 10 anos na cidade, acabará se fortalecendo junto à economia de todo o interior alagoano”.

Satisfeito com o andamento das obras, o vice-governador Luciano Barbosa explicou o quanto o trabalho da Algás e do Governo do Estado é importante no processo de interiorização do combustível. “Pensamos no desenvolvimento de Alagoas de maneira homogênea, para que o estado todo possa crescer.”

Ainda segundo o vice-governador, o crescimento do estado virá no âmbito social e econômico em forma de geração de emprego e aumento de renda per capita. De acordo com ele, “indústrias e empreendimentos turísticos trarão diversidade à atividade econômica das cidades do interior”.

Conscientização

Para assegurar melhor entendimento da população arapiraquense sobre a segurança durante as obras, a Algás promoveu momentos de conscientização em bairros e escolas próximos à construção do gasoduto em Arapiraca.

De acordo informações da Companhia, na região há grande quantidade de estabelecimentos comerciais e pessoas que precisam estar cientes das sinalizações e das medidas de segurança. Com apoio das instituições de ensino, o trabalho com crianças nas escolas envolveu uma abordagem lúdica sobre o que é o gás natural, as obras que estão sendo feitas e a atenção à sinalização.

 

Por Isabela Souza