ARTE  NO PRATO 2017

O projeto Arte no Prato nasceu em torno de uma ideia: promover a identidade alagoana por meio das nossas artes visuais e da nossa gastronomia.

Para tal, a Algás misturou os seguintes ingredientes: a criatividade de artistas de Alagoas com a de Chefs dos melhores restaurantes da cidade. Para criar a arte dos pratos os artistas se inspiraram nos 200 anos de Alagoas e para elaborar o menu os chefs se inspiraram na arte dos artistas.

O resultado? Sabor e cor em 24 pratos para você degustar, apreciar e colecionar.

Arte no prato. Para comer com os olhos. Para enxergar com a boca.

Confira abaixo os artistas, quadros, pratos, chefs e restaurantes participantes do projeto!

RESTAURANTES

Akuaba: Chef Jonatas Moreira com a receita “Ensopadinho de sururu com camarão”, por Lula Nogueira

Anamá: Equipe Anamá com a receita “Nhoque de inhame com ragú de cordeiro”, por Dalton Costa

Armazém Guimarães Parque Shopping: Chef Breno Gama com a receita “Spaghetti alla Toscana”, por Maria Amélia Vieira

Armazém Guimarães Jatiúca: Chef Breno Gama com a receita “Fettuccine di Livorno”, por Suel Damasceno

Arrí Chopperia: Chef Guilherme Jordão com a receita “Ceviche das Três Águas”, por Lula Nogueira

Boteco do Mar: Chef Janio Lins com a receita “Polvo teriyaki com purê de mostarda Dijon”, por Suel Damasceno

Bistrô Fernandes: Chef Maria Juliana com a receita “Camarão a Três águas”, por Dalton Costa

Bodega do Sertão: Chef Kelly Dias com a receita “Sertão mediterrâneo”, por Pedro Lucena

Caruaru Galeteria Beer: Caruaru com a receita “Manta de cordeiro”, por Persivaldo Figueirôa

Cuscuzeria: Chef Manuela Magalhães com a receita “Xérem com drummette na cachaça”, por Pedro Lucena

Divina Gula: Chefs André e Vitor Generoso com a receita “Ninho de sabores”, por Marta Emília

Imperador dos Camarões: Chef Maikel Brumatti com a receita “Camarões guerreiros”, por Myrna Maracajá

Janga Restaurante: Chef Sergio Baêa com a receita “Sr. Berilo”, por Rosa Piatti

Lila Bistrô: Chef Lícia Maranhão com a receita “Filé de braços abertos”, por Maria Amélia

Maria Antonieta: Chef Breno Gama com a receita “Raviolini Amalfi”, por Weber Salles

Mestre Cuca: Chef Thiago Falcão, com a receita Arroz Cremoso de Camarão e Polvo, por Herbert Loureiro

Palato Farol: equipe Palato, com a receita Robalo ao Mar, por Sagaz

Palato Ponta Verde: equipe Palato, com a receita Costeleta à Moda do Engenho, por Rosa Piatti

Picuí: chef Wanderson Medeiros, com a receita Peixe em Brasas e Cinzas, por Herbert Loureiro

Sabatelli: chef Caio Uchoa, com a receita Risotto Aragosta al Limone, por Sagaz

SantOrégano: chef Almir Ribeiro, com a receita Peixe Docemar, por Persivaldo Figueiroa

Sueca Comedoria: chef Jaqueline Vergetti, com a receita Salada Ninho das Alagoas, por Marta Emília

The Black Beef: chef Deco Sardigursky, com a receita Super Cheese, por Myrna Maracajá

Wanchako: chef Simone Bert, com a receita Acebichado Caliente, por Weber Salles

Edições anteriores

Arte no Prato 2015

No Projeto Arte no Prato 2015 foi firmada parceira com 20 (vinte) restaurantes de Maceió-AL, que utilizassem o gás natural como fonte de energia nos seus estabelecimentos. Cada um dos seus chefs deveria criar uma nova receita e esse prato recebia um nome que fosse inspirado no artesanato alagoano.
Ao fazer um pedido de uma receita do Arte no Prato, o consumidor podia obter o prato ilustrado feito para a receita. Ao preço de cada receita determinado pelos restaurantes, era acrescido o valor de R$ 10,00 (dez reais) na composição do preço final ao consumidor. A quantia resultante das vendas dos pratos do projeto era a contrapartida social do mesmo. O montante arrecadado foi repassado a instituição Museu Coleção Karandash De Arte Popular e Contemporânea, para que a mesma realizasse um circuito de oficinas de arte e artesanato com alunos Escola Estadual Ladislau Neto.

Circuito de oficinas de arte e artesanato

As atividades direcionadas para os jovens foram comandadas pela Galeria Karandash e teve a participação de mais de 40 alunos da rede estadual de ensino. Durante as oficinas, os jovens conheceram a técnica da cerâmica, participaram de reflexões, atividades sensoriais, desenharam, pintaram e até elaboraram suas próprias receitas.