Arnóbio Cavalcanti é eleito vice-presidente do Conselho de Administração da Abegás

Por Isabela Souza,

Diretor presidente da distribuidora de gás natural de Alagoas ocupará o cargo na Associação Brasileira das Empresas Distribuidoras de Gás Canalizado

O diretor presidente da distribuidora de gás natural de Alagoas (Algás), Arnóbio Cavalcanti, foi eleito vice-presidente do Conselho de Administração da Associação Brasileira das Empresas Distribuidoras de Gás Canalizado (Abegás). O anúncio aconteceu nesta quarta-feira (5), na sede da Associação, no Rio de Janeiro.

Arnóbio irá compor o Conselho de Administração da instituição junto a Nelson Roseira Gomes Neto, presidente da Companhia de Gás de São Paulo, que também foi eleito o novo presidente do Conselho, cuja gestão irá até 2020.

Para a Algás, a eleição de Arnóbio para a vice-presidência da Abegás significa um reconhecimento pelo desempenho do seu trabalho, além de demonstrar a importância da distribuidora alagoana no cenário brasileiro do gás natural. A Companhia é considerada umas das maiores fornecedoras do combustível para residências, fora do eixo Rio–São Paulo.

Segundo Arnóbio, com a eleição, Alagoas terá participação mais efetiva na agenda estratégica da Abegás de 2019, em um ambiente de perspectivas de redefinições para a Indústria do Gás no Brasil. “A Algás acompanhará ainda mais de perto os diversos segmentos dessa indústria, além de incorporar as experiências exitosas de prática de gestão das diversas distribuidoras de gás do Brasil”.

Alguns dos grandes desafios do Conselho de Administração da Abegás para os próximos anos são “monitorar o projeto de lei n. 6.407/2013, que se encontra no Congresso Nacional, conhecido como a Nova Lei do Gás; acompanhar as novas diretrizes do novo governo no tocante política de petróleo e gás do país; acompanhar o desenvolvimento da Chamada Pública Internacional visando à compra de gás, para compra coletiva das distribuidoras do Nordeste, entre outros”, observa o diretor presidente da Algás.

Arnóbio Cavalcanti, diretor presidente da Algás desde 2015, é graduado em Engenharia Civil pela Universidade Federal de Alagoas (Ufal), mestre em Engenharia de Produção pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e doutor em Economia pela École des Hautes Études en Sciences Sociales, na França.

 

Por Isabela Souza

Foto: Thomaz Japiassú