Algás divulga resultado preliminar do Edital Social 2018-2019

Por Isabela Souza,

Quatro projetos sociais foram selecionados pela distribuidora de gás natural de Alagoas; proponentes têm até dia 26 de outubro para apresentar recurso antes do resultado final

A distribuidora de gás natural de Alagoas, a Algás, divulgou o resultado preliminar do Edital Algás Social 2018-2019 nesta sexta-feira (19), no site algas.com.br/editalsocial. Ao todo, quatro iniciativas sociais foram selecionadas e receberão incentivos de até R$ 30 mil cada, totalizando R$ 120 mil procedentes de recursos próprios da Companhia.

Nesta edição, os projetos contemplados foram: “Coração de Estudante”, na área de saúde e assistência social, da Fundação Cardiovascular de Alagoas; “5º Festival de Artes Cênicas de Alagoas – Festal”, na área de cultura, da Associação Artística Cia. do Chapéu; “Mundaú Lagoa Aberta”, nas áreas de educação, esporte, meio-ambiente e cultura, do Instituto Quintal Cultural; e “Mostra Sururu de Cinema Alagoano – Edição Comemorativa de 10 anos”, na área de cultura, da Associação Artística Saudáveis Subversivos.

A terceira edição do Edital recebeu 69 propostas, mantendo as expectativas da Algás, refletindo o caráter democrático do certame. “Neste terceiro ano de Edital Algás Social, a diversidade de expressões sociais, culturais e de cidadania do estado continuam sendo beneficiadas. O certame já mostrou incentivo em ações que manifestam a responsabilidade social que sempre esteve presente nos planos da Companhia”, pontua o diretor presidente da Distribuidora, Arnóbio Cavalcanti.

Segundo o gerente de marketing e comunicação da Algás, Felipe Guimarães, para a avaliação, o certame levou em consideração os diferenciais e o impacto do projeto em relação às comunidades em que ele será implantado. “Com o edital, a Companhia incentiva o desenvolvimento humano como elemento de transformação social, especialmente naquelas localidades em que há atuação da Algás”, destaca.

Os proponentes dessa edição ainda poderão apresentar recurso no período de 22 a 26 de outubro, de acordo com o item 8.7 do Edital, incluindo sua terceira retificação.

Processo de seleção

A lista dos aprovados é resultado de uma avaliação criteriosa, realizada por uma comissão julgadora, formada por três avaliadores externos, com experiência em projetos sociais na região Nordeste, e um avaliador interno, representando a Companhia.

A comissão julgadora externa julgou os itens mérito do projeto, capacidade de difusão, relação com a comunidade e viabilidade físico-financeira que, juntos, somam 85 pontos. Já o avaliador interno, representando a Algás, avaliou apenas o item de relevância do projeto para a Companhia, quesito que equivale a 15 pontos, totalizando 100 pontos como nota máxima.

 

Por Isabela Souza