Algás completa 24 anos de promoção do desenvolvimento sustentável em Alagoas

Por Isabela Souza,

Interiorização do gás natural no estado e geração de energia são os objetivos da Companhia para os próximos anos

Disponibilizar soluções eficazes para a distribuição de gás canalizado, que impulsionem o desenvolvimento sustentável e promovam a integração energética no estado. Esse é o propósito da Algás, a distribuidora de gás natural de Alagoas, desde 1993. E é assim que a Companhia celebra seus 24 anos de existência neste início de setembro.

Com marcante atuação em quatro segmentos de mercado – residencial, comercial, industrial e veicular – a Algás representa um significativo papel no crescimento socioeconômico de Alagoas. A sua capacidade progressiva de atender às mais de 46 mil unidades consumidoras faz com que o foco para os próximos anos seja fortalecer a interiorização do gás natural e a diversificação do uso desse energético.

Para o diretor presidente da Companhia, Arnóbio Cavalcanti, o conforto, a segurança e a economia são vantagens que têm levado à adoção do gás natural. “Hoje, observamos uma demanda crescente de fontes de energia que promovam o desenvolvimento sustentável e a integração energética. É nesse sentido que o gás natural se mostra como a alternativa mais viável e garante uma forte presença nos setores industrial, residencial, comercial e veicular do estado”, esclarece.

Atualmente, a Distribuidora conta com mais de 66 mil residências contratadas, sendo 46 mil já usuárias, fornece o energético para 585 estabelecimentos comerciais interligados, atende a 35 unidades industriais e abastece 29 postos de combustível, presentes na capital e em mais seis municípios do interior. Além disso, sete empreendimentos utilizam o gás para geração e cogeração de energia: fornecimento de gás natural que pode funcionar para geração customizada ou como backup em casos de falha da energia elétrica convencional, sendo estrategicamente importante para a manutenção de suas condições operacionais.

Uma vez que já oferece os benefícios do gás natural para os 50 bairros de Maceió, o grande investimento da Companhia agora é a ampliação da sua rede de gasodutos para o interior de Alagoas, com o intuito de contribuir cada vez mais para o desenvolvimento socioeconômico da região.

O caminho para o crescimento

Para cumprir essa meta de interiorização no estado, a Algás concluirá no primeiro trimestre de 2018 uma importante obra de infraestrutura: o gasoduto Penedo-Arapiraca. Conforme dados da Companhia, o gasoduto terá capacidade de fornecer 343 mil m³ do energético por dia numa extensão de 67 km, entre alguns municípios do interior.

“Nos próximos anos, indústrias e postos de combustível de cidades como Penedo, Igreja Nova, São Sebastião e Arapiraca já poderão ser beneficiados com o gás natural”, conta Cavalcanti sobre os novos planos da distribuidora. “Na prática, isso significa um atrativo estratégico para a instalação de novas indústrias nessas regiões”, completa.

Além disso, o projeto de duplicação do gasoduto Pilar-Marechal Deodoro tem impulsionado a captação de novos clientes e, após a conclusão, dobrará a oferta de gás natural para o polo industrial José Aprígio Vilela, em Marechal Deodoro. O projeto, com 15 km de extensão, está sendo realizado em uma única etapa e tem conclusão de obras também prevista para o início de 2018.

 

Por Isabela Souza